26 janeiro 2011

Do desespero à alegria

Sabemos que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito. Romanos 8.28




A depressão é uma doença debilitante. Conheço, por experiência própria, o efeito que ela pode ter na vida de uma pessoa. Por mais de dez anos, vivi com essa doença devastadora, que aflige milhões de pessoas todos os anos. Antes de conseguir dar um nome à tristeza que muitas vezes durava semanas, sentia-me impotente. Tinha dificuldade de concentrar-me e experimentava um desinteresse crescente por atividades que antes me davam prazer. Não sabendo o que fazer, implorei ajuda a Deus. Assumi o compromisso de orar e ler a palavra de Deus todos os dias. Conforme fui tomando consciência de meus medos, senti a mão de Deus me resgatando do desespero. Embora meu caminho para a recuperação tenha exigido anos de trabalho com médicos e conselheiros experientes sempre acreditei que, se orasse e confiasse, Deus transformaria minha tristeza em alegria (Veja Jeremias 31.13.). Lamentações 3 é um lembrete de que a oração é uma fonte poderosa à nossa disposição. Quando a paz parece remota, Deus promete estar junto de nós e transformar nossas lutas em algo bom.


James C. Hendrix (Indiana, EUA)
Medite: Oséias 9